quarta-feira, 13 de abril de 2011

UMA OPOSIÇÃO FORTE FAZ UM CONCELHO FORTE II

Há alguns anos atrás, escrevi o artigo que o link apresenta. Hoje, apesar de me encontrar longe da terra que me viu nascer, vou constatando que tem havido uma mutação. Parece-me que há uma oposição que apresenta ideias e que não tem receio em dizer o que pensa sobre a coisa pública local. Não é já só em época eleitoral que se tornam visíveis! Como consequência, constata-se que são múltiplos os eventos que vão surgindo; há maior transparência e no concelho de Fornos de Algodres passou a existir mais debate. Os blogs que as duas maiores forças política possuem nomeadamentehttp://sempreporfornos.blogspot.com/ e http://ps-falgodres.blogspot.com/ tem permitido que haja uma troca de opiniões, com elevação,  sobre os temas actuais da realidade concelhia. Com esta nova realidade, quem fica a ganhar é a democracia e o concelho de Fornos de Algodres.

domingo, 3 de abril de 2011

RIO MONDEGO, "AS TERMAS DAS TERRAS DE ALGODRES"

"Mondego, no Verão sereno e brando
Turvo no Inverno, bravo e dissoluto.


Diz o Abade Vasconcelos que não há no termo desta vila, fonte nem lagoa que por suas águas, ou suas virtudes seja célebre, mas que o Mondego "remedeia com seus banhos a quem os necessita".
(...)as águas deste rio são mui delgadas claras e salutares e os seus banhos são bons para curar dores ictérias e nephriticas e para escrobutos, espasmos e convulsões e para os achaques cutaneos como são pruridos, chagas e lepras".
O povo canta:
Ó água do rio, ó água,
Ó água do Mondego,
Quem te bebe dor não teme,
Da doença não tem medo

In Terras de Algodres, Mons. Pinheiro Marques