quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

UM SANTO E FELIZ NATAL



Hoje caíram diamantes de chuva no meu coração.

Mais pareciam lágrimas derramadas de olhos inocentes de criança.

Eclodiram em Natal de esquecimento onde um Pai Natal, ou um menino Jesus, já nada podiam responder a uma súplica.

“ Neste dia, apenas queria a alegria do que tinha tido:

- Paz, um simples brinquedo, uma mesa de iguarias, os meus pais sem discussões, o amor nos corações.

Não percebo o que se passa!

Ser criança, ou ser adulto, neste país já me ultrapassa.

Ouço os meus pais falarem de coisas que não entendo: IRS, seguros, prestações de casa e carro, IMI,

Troika, FMI… mas que é isto afinal?

Tem a ver com o Natal?”

Hoje no meu coração vai crescendo esta questão:

Serão lágrimas de diamante,

Ou estrelas que o céu chorou?

Será súplica distante,

Ou revolta que acordou

Fernando Magalhães-2012