domingo, 26 de setembro de 2010

TERRAS DE ALGODRES- FIGUEIRÓ DA GRANJA


"É a mais importante, pela sua riqueza e pela população, entre todas as freguesias do concelho.
Suavemente reclinada na encosta do Outeiro, entre arvoredos verdejantes e sicomoros floridos, a vila, constantemente beijada pelas doces emanações de frescura que lhe envia o ribeiro da Fonte, que desliza, remansoso e cristalino, a seus pés, entre os milharais pujantes do Prado e as hortas viçosas da Lavandeira, a vila, ia eu dizendo, é bonita, higiénica, bem arejada, cortada de ruas bem lançadas e atravessada NS pela estrada de macadam.(...)
Tem a nascente a Nª Senhora da Copa Cabana, ao norte S. Pedro e Stª Eufêmia, ao poente S. Sebastião, e ao sul S. Silvestre, além das Eiras.
Foi a fé dos antepassados que ali ergeu estas quatro capelinhas, para serem como que sentinelas vigilantes e guardas solícitas da povoação."
In Terras de Algodres, Mons. Pinheiro Marques

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

POR UMA TERRA COM VIDA!


No início de mais um ano lectivo, é com satisfação que constato algumas actividades desportivas e culturais nas Terras de Algodres. São indícios muito positivos que nos dão a esperança e a certeza que as nossa terras possuem um potencial enorme e, por isso, têm futuro. Os jovens têm tido um papel muito importante nesse dinamismo.

Como professor, considero que a escola e o associativismo, através das suas actividades, complemetam-se na formação integral dos jovens. A primeira através de uma formação mais intelectual e a segunda possibilitando o cultivo das relações humanas e nas materialização de actividades de índole cultural, social e desportiva.

Um bom ano de trabalho para todos os meus conterrâneos e que as nossas terras tenham cada vez mais vida!