terça-feira, 9 de setembro de 2008

NOSSA SENHORA DE FIGUEIRÓ


A vida e a história de uma comunidade intemporalizam-se através dos monumentos e esculturas que permanecem ao longo das várias gerações.
Hoje queria referenciar a imagem de Nossa Senhora da Graça que se encontra na frontaria da igreja paroquial. Para muitos, é mais uma imagem, desconhecendo o seu valor histórico. Para que o tempo não apague o seu simbolismo e a sua história, eis as palavras de Mons. Pinheiro Marques em Terras de Algodres acerca da mesma:

É de presumir que seja desse tempo(1170) a imagem da Padroeira, Nossa Senhora de Figueiró, mais tarde chamada Nossa Senhora da Graça, que durante muitos séculos esteve no trono do camarim e agora está colocada no seu nicho, na frontaria da igreja.
E esta hipótese é tanto mais admissível quanto é certo que a velha imagem é uma escultura gótica, em pedra, representando a Virgem amamentando o Menino, corôa baixa em torno da cabeça, segurando os cabelos caídos sôbre os ombros, roupagem de linhas sóbrias.
(...) é uma escultura antiquíssima, de alto valor histórico que durante mais de 400 anos foi venerada sob a invocação de Nossa Senhora de Figueiró."

3 comentários:

notoj@l disse...

.

al cardoso disse...

Nao vejo qual foi a vantagem de lhe mudarem o titulo, "Nossa Senhora de Figueiro" era muitissimo mais significativo!
Mas como dizia Camoes; "mudam-se os tempos mudam-se as vontades"!

Um abraco de amizade dalgodrense.

Francisco Pina disse...

Também não compreendo, esta mudança de nome e até agora, não consegui descobrir a razão, que terá levado a tal.