quinta-feira, 19 de junho de 2008

O S. JOÃO EM TERRAS DE ALGODRES



Se S. João soubesse

Quando é o seu dia

Vinha do céu à terra

Com prazer e alegria


Eis como Mons. Pinheiro Marques descreve O S. João em Terras de Algodres:

Nas vésperas, os rapazes e até homens casados e mulheres, vão aos montes colher rosmaninhos e bela-luz, que conduzem em molhos e gabelas. À noite, depois da ceia, acendem-se fogueiras na rua, cada um na sua testada, alimentados exclusivamente de rosmaninhos e bela-luz, que inunda de perfume o ambiente. Em volta da mística fogueira armam-se bailaricos e canta-se em honra do santo.

In Terras de Algodres, Mons. Pinheiro Marques
A foto apresenta o convívio que a juventude de então, há dez anos atrás, fazia junto ao pelourinho de Figueiró da Granja.

4 comentários:

Amaral disse...

João Paulo
Espero que seja um bom S. João e que saltes a fogueira.
Bom fim-de-semana
Abraço

Sérgio disse...

Olá João Paulo,

Apenas uma correcção. A foto não é da minha autoria mas sim do António Faria. Julgo até que a revelação da mesma foi feita por ele, pois na altura tinha um pequeno estudio de revelação montado em casa.

Fica bem...

JPCLEMENTE disse...

Obrigado pela correcção, Sérgio!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.