segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

POR UM CONCELHO COM ROSTOS!!


Cada vez mais, vamos verificando que as associações desportivas e culturais vão tendo alguma dificuldade em encontrar dirigentes que queiram, de um modo desinteressado liderar esses organismos, tão importantes para a vida social de um concelho. Coloca-se a questão: "Será que esses homens e mulheres que trabalham sem qualquer ordenado na promoção do desporto e da cultura, são reconhecidos pelas entidades locais?". Se queremos que essas pessoas não desistam há que incentivá-las e, porque não, atribuir-lhes um reconhecimento público mais formal no dia do Município? Para além destes dirigentes, seria interessante fazer um reconhecimento público dos jovens do nosso concelho que se distinguem nas várias áreas: desporto, cultura, solidariedade, etc. Porque não atribuir um prémio aos melhores alunos que terminam o secundário? (Prémio Dr. António Menano, por exemplo).Porque não reconhecer aqueles emigrantes que têm a sua terra no coração e a divulgam, ou que têm contribuído economicamente para o desenvolvimento do concelho?

Penso que estes pequenos gestos de reconhecimento poderiam servir de incentivo para que as pessoas nunca se deslinguem da sua terra, apesar de algumas vezes terem que o fazer. Levaria muitos outros a dedicarem-se à causa pública.

Há que reconhecer e divulgar o rosto das pessoas que têm orgulho na sua terra e, através das suas obras, a dignificam e a divulgam.

Precisamos de ter um concelho com rostos. Apostar na pessoa humana das Terras de Algodres é o melhor investimento que uma autarquia pode fazer!

4 comentários:

al cardoso disse...

Mais uma ideia boa mas morta a nascenca, "digo eu"!
Pois se a Escola EB+S, nem sequer tem patrono!

Um abraco caro amigo.

Amaral disse...

João Paulo
Terras que já deram tanto e tanto têm para dar merecem mais desenvoltura. Essa ideia do prémio é interessantíssima. Propõe isso à Câmara... quem sabe.
Abraço

Carlos de Matos disse...

"Nata Morta"

penso como o Al que seria dificil inculcar esse tipo da acção por falta de uma cultura da excelência pelas nossas terras.
Existem certamente excepcções mas como o prova o ultimo relatorio da OCDE a situação da educação em Portugal é alarmante.

Aqui alguns links :

http://www.min-edu.pt/

http://jpn.icicom.up.pt/2007/12/04/educacao_portugal_mal_colocado_em_relatorio_da_unesco.html

http://malha.net/index.php?option=com_content&task=view&id=56&Itemid=73

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1312803&idCanal=58

No entanto a responsabilidade é de todos, dos engarregados, parentes etc... e qualquer iniciativa para trazer a educação como objectivo tem de ser apoiado por todos.

Coragem amigo JP Clemente, creio que haja homens de boa vontade em todo o lado e certamente em fornos. Convite é feito para se manifestarem de um modo ou outro.

Sera que não ninguem ligado, professor ou estudante, a EB+S que frequente a internet para participar nesse desenvolvimento.

Com muita amizade.

Carlos de Matos

pensarfornos disse...

Caros amigos:
Esta ideia não são originais,basta que haja uma sensibilidade para valorizara o potencial humano que possuímos.
Isso passa muito por quem lidera os organismos públicos.
De facto,amigo Cardoso, é pena que ainda não tenha havido a iniciativa para dar o nome de uma figura do concelho a esta instituição tão importante para o desenvolvimento do concelho. Há que mudar mentalidade e a escola é o local ideal para o fazer. Poderá levar alguns anos, mas é possível. Terá que haver um projecto educativo de cariz humanista que envolva todos os agentes na formação do aluno.
Um bom fim de semana, para os meus amigos
JPClemente