quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Local Paradisíaco das Terras de Algodres

O nosso Mondego caminha para o mar.
Com ele, são muitos os que o acompanham em direcção ao litoral!
Para quando esta terra passará a ser um porto seguro?


7 comentários:

al cardoso disse...

Caro Joao:
Linda imagem que nos naturais ainda mais admira-mos ou deviamos!

Sabe tanto eu como o meu amigo fomos visados directamente, em comentarios sobre a minha entrada do dia 6 de Novembro, em que referia a concentracao o passeio de carros antigos e a paragem em Figueiro para almoco.
Passe por la a dar uma olhada!

Um abraco amigo do d'Algodres.

al cardoso disse...

Ainda ca volto:
Se calhar tal como o Mondego, o nosso destino e este mesmo!!!

Amaral disse...

João Paulo
Parabéns por esta excelente foto. Parece que estás a fazer um álbum de recordações dos nossos tempos de "corvos".
Bom fim-de-semana
Abraço

Carlos de Matos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos de Matos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos de Matos disse...

Ola a todos

essa foto lembrou me que tinha ai imagens do rio Dão feitas no ultimo mês de maio que estive ai...

http://forninhos.blogspot.com/2007/11/e-se-agua-fosse-o-elo-o.html


Como um salmão ou uma truta do rio que desagua no mar tambem se regressa ao local de nascimento subindo arduamente as cascatas e outras baragens da vida... O Dão sendo afluente do Mondego aqui venho modestamente por um link sobre esse alto Dão que permanece selvagem e genuino... imagens e enjoy the silence...

Bonita fotografia da açude de Juncais na qual espero um dia descer em kayak... ;o))

Abraço de Forninhos

Francisco Pina disse...

Passados 6 anos e porque os nossos sucessivos governos, muito pouco fizeram pelo interior, aos naturais das Terras de Algodres,já não basta seguir as águas do nosso Rio Mondego, rumo ao litoral, uma vez que nem aí, há empregos. Tem infelizmente de rumar a terras mais distantes, na esperança de arranjar um trabalho. É uma tristeza!