quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

TERRAS DE ALGODRES - CASAL VASCO

Esta freguesia começou por ser um casal ou aglomerado de casas que, por ter pertencido a um tal sr. Vasco, se começou a chamar Casal de Vasco, e daí Casalvasco.
Além da igreja paroquial, que é elegante com a sua torre, existem duas capelas.
A da invocação do Senhor Santo Cristo do Loureiro é de grande devoção dos moradores da terra e povos vizinhos, com festa e romaria no últimon domingo de Setembro.
A outra, da invocação de Nossa Senhora da encarnação, é particular e vinculada da casa da Ínsua. Fica à saída da povoação, a nordeste.
Esta capela é alta, bem lançada, elegantíssima, de boa cantaria, á fiada, toda coroada de ameias, em ar de fortificação acastelada. (...)
O Casalvasco tinha em 1527, com o nome casall vasio, 35 fogos."
In Terras de Algodres, Mons. Pinheiro Marques
Para uma informação mais actualizada:http://www.casalvasco.com/

4 comentários:

al cardoso disse...

Esta descricao do Monsenhor, erra no que toca a capelas, pois nao sao duas, mas sim tres! Existe uma outra situada no Largo Rocio, de invocacao de Nossa Senhora da Graca, que pertence ao povo e deve datar do seculo XVII ou XVIII!

Um abraco de amizade.

ASPINA disse...

Faço minhas as palavras de Al Cardoso. Casal Vasco tem 3 capelas: A Capela do Sr dos loureiros, a Capela da Sra da Graça e a Capela da Sra da Encarnação. Esta, pertenceu durante muito tempo à Casa da Ínsua, que a doou 23/11/1994 à Paróquia do Casal Vasco.
Cump.
A.Pina

JPCLEMENTE disse...

Obrigado pela vossa correcção.
Um abraço amigo

Anónimo disse...

"Transforme-se o amador na causa amada,
Por virtude do muito imaginar;
Não tenho logo mais que desejar,
Pois em mim tenho a parte desejada."

Luis de Camões