quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

A LEITURA E AS NOVAS TECNOLOGIAS AO SERVIÇO DA POPULAÇÃO LOCAL


Fazendo uma leitura dos jornais regionais do distrito da Guarda, tenho-me deparado com alguns projectos interessantes que o concelho vizinho, Aguiar da Beira, tem realizado. Hoje queria destacar o seguinte título: "Aguiar da Beira leva Livros às aldeias".Este projecto faz-me lembrar o meu tempo de infância, quando a carrinha da Gulbenkian nos visitava possibilitando-nos criar hábitos de leitura, aumentando, consequentemente a nossa cultura geral. É evidente que o projecto da Câmara vizinha não é um projecto original, todavia seria interessante que no no concelho de Fornos houvesse uma maior sensibilidade para a área cultural, motivando os jovens, idosos e população em geral para a leitura, bem como outras actividades culturais. Para além das escolas, os lares de idosos poderiam ser outros espaços onde haveria muito "clientes" para este tipo de projectos. Paralelamente à área da leitura, este projecto poderia ser complementando com a utilização das novas tecnologias. Numa terra em que há tantos emigrantes, em que muitos dos nossos idosos têm familiares na diáspora e alguns deles já não os vêem há algum tempo, porque não, através da INTERNET, comunicar e visualizar os seus entes queridos que pela França, Brasil, EUA, Alemanha foram em busca de melhores condições de vida. Para muitos dos nossos idosos, esta contacto semanal ou mensal com os seus familiares dar-lhes-iam momentos de muita felicidade.Presumo que em todas as juntas de freguesias do concelho há uma ligação à Internet!
Numa população cada vez mais idosa o bem estar físico deve ser complementado com o bem estar psicológico e a leitura, outras actividades culturais e as novas tecnologias podiam tornar as gentes da nossa terra um pouco mais felizes. Haja sensibilidade, por quem de direito, para esta área cultural!

4 comentários:

Anónimo disse...

Já sabia que Aguiar da beira tinha esse projecto. Pois bem, o nosso Municipio felizmente e graças ao presidente foi pioneiro nisso.Havia um autocarro,com uma funcionaria que ia essencialmente a todas as escolas do concelho era a chamada LUDOTECA , estava equipada com livros, e computadores. E digo foi porque o Sr. Presidente constroi e depois delega e claro o vereedor da cultura fecha. Pois como alguem já referiu no Aquid'algodres "se nasceste na aldeia vai para a vila, se na vila vai para a cidade" Este é o autor da celebre frase, como tal para quê levar cultura ás aldeias, abandonem as aldeias venham todos para a vila!!!! JP temos que ter realmente ORGULHO nesta autarquia somos os 1º a começar e tambem os
1º a acabar Força com este vareedor e os seus pagens estamos no bom caminho

Amaral disse...

João Paulo
Esse projecto não é peregrino. Não é só em Aguiar da Beira. Contudo, é de salientar pela positiva. Esse de Aguiar ou de quaisquer outros sítios.
Ler ou não é a grande questão. Defendo a leitura em suporte papel (os livros), mas do mal o menos e por isso vale mais ler, mesmo que seja na Internet, que não ler.
Bom fim-de-semana
Abraço

Luís disse...

mais um post pertinente e que chama a atenção para uma das prioridades de qualquer BOM governante: o acesso à cultura.

al cardoso disse...

Clarificando:
O que foi referido no "Aqui d'Algodres" foi o que um membro do executivo municipal tera afirmado e, ainda nao foi desmentido!

Ja quanto as suas ideias, elas tem sido mais ou menos implementadas pelo municipio, pena que muitas vezes as pessoas com mais idade as nao utilizem.
E que sendo nos um municipio maioritariamente
de "velhotes", pouco se podera fazer senao dar-lhes alguns incentivos morais para que possam usar os equipamentos existentes!

Um abraco amigo dalgodrense.